Em parceria, Opas e Grindr divulgam informações sobre mpox à comunidade LGBTQIA+

Rodrigo Hilario
Rodrigo Hilario

Com o objetivo de combater a desinformação sobre a mpox, doença conhecida anteriormente como varíola dos macacos, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e o aplicativo de relacionamentos Grindr realizam uma parceria.

A ação tem como objetivo oferecer informações sobre a infecção às pessoas lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, queer, intersexuais, assexuais e demais orientações afetivo sexuais e identidades de gênero (LGBTQIA+) na região das Américas.

A iniciativa vai abordar lacunas críticas sobre a doença, incluindo métodos de prevenção, tratamento e cuidados. Além disso, prevê discutir formas de apoiar atividades de comunicação não discriminatórias ou estigmatizantes em torno do vírus, em coordenação com organizações que trabalham com comunidades LGBTQIA+.

Leia mais AQUI