O que está por trás do aumento de casos de HIV/aids

Rodrigo Hilario
Rodrigo Hilario

Medicamentos preventivos criaram ambiente de mais segurança que acabou levando pessoas a se descuidar no uso da camisinha

Até há bem pouco tempo, a prevenção ao HIV/aids estava restrita ao uso da camisinha, mote das campanhas preventivas por décadas. Os avanços científicos mudaram esse cenário.

No fim dos anos 2000, surgiu a Profilaxia Pós-Exposição, a PEP, na sigla em inglês, um medicamento administrado até 72 horas após uma relação de risco pelo prazo de 28 dias, logo disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde, o SUS. Em 1 de dezembro de 2017, o Ministério da Saúde incorporou ao portfólio preventivo a Profilaxia Pré-Exposição, a PrEP.

Saiba mais AQUI