HIV: especialistas destacam importância do acompanhamento psicológico no diagnóstico

Rodrigo Hilario
Rodrigo Hilario

O tratamento do HIV alcançou avanços relevantes do ponto de vista da eficiência no controle da infecção e na redução dos efeitos colaterais dos medicamentos. Embora a terapia antirretroviral tenha evoluído e a infecção seja tratável como outras doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, os impactos para a saúde mental de pessoas que recebem o diagnóstico ainda são significativos.

No Brasil, exames laboratoriais e testes rápidos, que detectam os anticorpos contra o HIV em cerca de 30 minutos, podem ser realizados de maneira gratuita em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) e nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA). Saiba onde fazer o teste. Pessoas que vivenciaram situação de risco, como ter feito sexo desprotegido ou compartilhado seringas, devem realizar a testagem, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde.

Leia mais aqui