Governos se mobilizam para incrementar recursos para acabar com a AIDS até 2030

Rodrigo Hilario
Rodrigo Hilario

Os Estados Unidos, Holanda e Alemanha, três grandes países doadores, anunciaram aumento além dos recursos já prometidos, para apoiar o trabalho do UNAIDS, baseado nos direitos humanos, para acabar com a AIDS. O anúncio foi feito no centro global do UNAIDS, em Genebra.

“A AIDS continua sendo uma pandemia mortal e não podemos nos dar ao luxo de parar agora”, disse Winnie Byanyima, diretora executiva do UNAIDS. “O UNAIDS desenvolveu uma estratégia que nos colocará em um caminho para acabar com a AIDS, salvando a vida de milhões de pessoas, acabando com as desigualdades que impulsionam as pandemias e construindo sistemas de saúde mais fortes, mas, para que isso aconteça, precisamos de financiamento. Acolhemos com satisfação as promessas adicionais de apoio ao UNAIDS que reforçarão nossos esforços para alcançarmos os objetivos”.

Leia mais aqui