Desinformação afasta adolescentes de vacinação contra o HPV, diz estudo

Rodrigo Hilario
Rodrigo Hilario

Vacina contra o HPV é adotada por mais de 100 países como estratégia de imunização de jovens, mas adesão é baixa segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS)

A infecção por HPV (papilomavírus humano) está associada ao desenvolvimento do câncer de colo de útero e outros tipos de tumores que afetam a região genital da mulher. Nos homens, o vírus está relacionado a cânceres de pênis e reto.

A vacina contra o HPV é eficaz para a prevenção dos sorotipos 16 e 18 do HPV sendo adotada por mais de 100 países como estratégia de imunização de adolescentes. Os tipos 16 e 18 são os principais associados ao câncer de colo do útero.

A vacinação está disponível para qualquer pessoa de 9 a 14 anos de idade, independentemente do sexo. A vacinação contra o HPV em adolescentes é utilizada por mais de 100 países.

Leia mais aqui