Número de alterações de nome e sexo de pessoas trans aumenta 43% em São Paulo

Rodrigo Hilario
Rodrigo Hilario

O número de mudanças de nome e sexo de pessoa trans em cartórios no estado de São Paulo cresceu cerca de 43% em cinco anos, desde a autorização nacional para a alteração.

Segundo dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), desde 2018 cartórios de registros civil paulistas totalizaram 5.700 alterações sem a necessidade de procedimento judicial e nem comprovação de cirurgia de redesignação judicial, também conhecida como transgenitalização.

Leia mais AQUI